terça-feira, novembro 29, 2016

Ei Mar!

Quão enigmático o Mar é. Cheio de histórias para si, e nós, cheios de histórias Dele. Sem contar ainda com o sentimento de paz que o sopro forte faz parecer que está descarregando todos os pensamentos da mente só pra deixar a música das ondas dançar pela cabeça. Que coisa linda de se ver, sentir e ouvir.

Como não sentir-se tão enigmático quando estar-se-á próximo ao mar? Aquela vida imensa e sem fim. E quantos anos. Nossa! Quantos anos. Quanta bagagem, stresses, felicidades, tragédias, esperanças. História.

E pensar que aquele sal muitas vezes dá sabor à vida e deixamos de ser desenxabidos, deixamos somente toda a força do Mar nos mostrar que aquela vida é tão forte quanto a nossa, meros mortais comparados ao sopro de uma vela. Enigmas. Talvez, Deus. Sensações que nunca saberemos descrever sobre Viver.

Aplauda o Mar, aplauda o Sol, aplauda Deus. Somos seres humanos, e pode ser que nunca saberemos 1/3 da bagagem do que é viver a eternidade. Mas prefiro aqui dizer que não somos eternos neste plano.

Seguir vivendo no embalo do Mar. Assistindo, sentindo e ouvindo.


Juliene Tesch de Oliveira


terça-feira, novembro 01, 2016

Quando tudo se for

Quando tudo se for
O Sol se por
A flor não brotar
E nada ficar

Quando tudo se for
Vai ser triste pensar
A Lua não vai brilhar
Já pensou o Sol se por?

Quando tudo se for
E eu também não estiver mais aqui
E o Sol se por
E nada fizer sentido
Talvez seja porquê você está lendo isto tarde demais.

terça-feira, outubro 11, 2016

Vem com Aquele Teu Cheiro

Aqui estou eu, te esperando feito louca, desejando ardentemente que esses dias passem voando e quando você chegar tudo se congele, e os dias e as horas passem beeeeem devagar.

Dezembro, estou aqui, te esperando, como sempre espero. Ah eu sei que Outubro e Novembro tem muita coisa pra me ocupar, mas cá estou eu, esperando você que é meu preferido, só por causa deste teu cheiro doce de espera, de esperança, de equilíbrio comigo mesmo. Por que você faz isso comigo? 

Ah Dezembro, se eu pudesse te homenagearia sempre... Deixa de ser bobo e acanhado, dessa vez venha bem cheiroso, eu não quero saber de blá blá blá. Traz o cheiro, afinal faz tanto tempo que não te sinto.


2015 - Voltando
Cartas de Dezembro - 2014
Dezembro, cadê seu cheiro? - 2013
Dezembro Mágico - 2012
Cheiro de Dezembro 2 - 2011
Cheiro de Dezembro - 2010

http://www.buenonetto.com.br/blog/dicas-organizar-guarda-roupas/
Umas peças pra te acompanhar
Att,
Juliene Tesch de Oliveira

sexta-feira, setembro 30, 2016

Sobre Valer a Pena Ser Pisciana

Quantas vezes já parei para pensar sobre algumas decisões tomadas, quando será possível tudo isso valer a pena? 

Sabe, eu como uma boa pisciana que sou, sonho demais e as vezes esqueço de calcular o que poderá acontecer no futuro, tanto os prós como os contras. Difícil mais ainda tentar entender naquela parte em que eu chego e me questiono: "E se...?" Por isso, as vezes nos consideramos tolos demais e se chegamos a chorar sabemos muito bem sobre o que estamos chorando. Maturidade demais? Cabeça e mente velha, por isso não se apega.

Quando digo não se apega. Ops... somos distraídos, apenas isso. Então sobre coisas, não, nada de se apegar às coisas. Pergunte-nos sobre pessoas legais, lugares legais, papo bacana esse hein. Aí sim, esse é nosso verdadeiro apego.

E sobre ser pisciana, voltando ao assunto de valer a pena e que eu não calculei os prós nem contras. De alguma forma, onde estou, exatamente agora, eu me arrependi de estar, até ai tudo mais ou menos. Mas ai que está. Olhando para traz, voltando para reler às paginas anteriores desta decisão que tomei, de estar aqui onde estou, e estar arrependida, eu me sinto puxada a pensar naqueles sonhos, aqueles sonhos (peixes reinando nas paredes brancas), fico imaginando tudo dando certo. Ai meu Deus, será? 

Vem aqueles pensamentos de que eu não desisto assim tão fácil, até mesmo porquê, a decisão que tomei não foi sobre coisas, foi sobre pessoa, foi sobre lugar. E sobre valer a pena, mesmo eu arrependida de onde estou, espero que as próximas páginas, ou próximo capítulo que seja assim: Está valendo a pena ter vivido tudo aquilo.

att,
Juliene Tesch de Oliveira
Pisciana , sonhando desesperada e um pouco frustrada. Porém ainda otimista.


terça-feira, junho 21, 2016

Declaração de Amor

Declaração melhor que IR

Deixo aqui registrado meu sentimento mais bonito, o mais intenso e marcante que até o momento pude viver.

Eu te amo William.
Eu te amo não sei como, não sei de onde vem, não sei medir a força, não sei ficar sem pensar em você por um dia, não sei as vezes nem o que faço e tenho medo se deixei de fazer alguma coisa que pudesse não merecer você na minha vida.

Tenho que ser direta, nada de indireta e nem frases escondidas. é possível me entender até aqui?

Eu te amo e não tenho se quer pensamentos para trocar, se faço tudo pensando no dia em que estivermos juntos outra vez.

Eu te amo, e eu trabalho pensando em um futuro de ter uma família formada com você.

Eu te amo tanto, que nem sei quando eu tiver filhos com você (Dizem que quando aparecem os filhos o amor dobra, triplica... multiplica x 1000), como o amor vai caber em mim? Eu vou explodir. Vocês irão me explodir.

Eu vou explodir, por amar você.
Só quero te ver feliz e mais nada.

segunda-feira, junho 13, 2016

Sonhos

Um investimento muito grande, investir em um sonho. Parece uma coisa sem utilidade, vai agregar algum valor à sua vida? A gente pode tornar as coisas mais fácil, mas ai não vamos conseguir realizar seu sonho. Afinal sonho é sonho.

Por que não chegar à realização de um sonho perfeito? Não... não precisa de tanto, somente que realize o sonho.

A big investiment, to invest in a dream. It's look like without mean. Is it to agreg some value for your life? We can to turn the things more easy, but We won't get to perform your dream. So dream is dream.

Why not to arrive to perform of a perfect dream? No.. It isn't needs more more, only that it performs the dream.

Rascunho 19/03/2015 - Juliene Tesch de Oliveira

Retomei o texto e vou agora refraseá-lo. Estava só esperando o momento certo.
Um investimento e uma mudança drástica, seria isso investir em um sonho?  Não, não é uma coisa sem utilidade, a vida dá uma virada louca quando se quer realizar um sonho. A minha virada tem doído minhas costelas, tem afetado minha visão e tem tomado o meu tempo. Mas afinal, sonho é sonho.

Não dá pra realizar um sonho perfeito, "serumano" é ser humano. A tentativa de realizar sonho faz a gente pensar em desistir, faz a gente desanimar no meio do caminho, o arrependimento bate em certas ocasiões, mas ai vem Deus, vem anjos, vem vocês, e insisti em falar, não desanima, toque seu caminho, vá em frente e veja o que vai dar.

Talvez tudo isso seja pra no final de tudo eu dizer, é... Valeu a pena viver.

Att,
Juliene Tesch de Oliveira

quinta-feira, março 19, 2015

Quando dói a sua mão

A mão de alguém quando dói eu não sinto nada.
Simplesmente dói, não em mim, mas a mão de alguém quando dói.
Eu pego a minha mão, a minha mão não é de alguém.
É possível que se faça sentir se alguém machucar a minha mão.
E se eu machucar a minha mão, vou sentir a mesma dor de quando dói a mão de alguém.

A mesma dor de quando dói a sua mão.

sexta-feira, fevereiro 27, 2015

Paredes Brancas

Eu estou olhando fixamente para uma parede branca. Rosto sem expressão, quase brotando um sorriso. Não sei quanto tempo faz que estou olhando, não sei desde quando para a parede branca.

"Eu aprecio uma parede branca. É bonita, pura, clara, escura, colorida, é para apreciar e se perder nos caminhos dos pensamentos."

Foi no domingo que Ele pôs uma aliança dourada e pediu para casar comigo. Vou confessar, eu não esperava que seria naquele dia, foi surpresa mesmo. Eu desconfiei algumas vezes, mas nada que me levava a pensar que seria tão rápido depois das desconfianças. Foi tão bonito, tão romântico, eu amei tudo o que ele fez para mim.

E este passo que ele deu para mim, ahh essa jornada, esse caminho que ele abriu para mim, foi melhor que o início do nosso namoro. Sabe a certeza? Sim, esta é a palavra certa. Eu tenho certeza que eu quero ele para mim, quero fazer ele feliz, porque ele me deu a maior certeza que me ama. Ele quer casar comigo.

E dessa vez foi ele.

Até então, todos os primeiros passos eu que apertava o botão iniciar, eu que escrevia na parede as primeiras linhas, desde o início eu dei o passo e espaço para começar a minha história com ele, bastasse apenas que ele quisesse ficar comigo. As paredes brancas a três anos atras eram cheias de coragem, mas também cheia de medo. Quando as paredes eram medo, eu fechava os olhos, quando eram coragem... quando eram coragem

Paredes Brancas deixavam que eu viajasse: Olhos cor de mel / lábios quentes / ele me disse que me queria na vida dele / Eu estou aqui / Você está tão longe / Eu estou te esperando / Quero te ver
Desta vez foi ele.

Eu precisei de muito para provar que queria ele. Mas penso que quando consegui eu não sabia que eu tinha conseguido.

Paredes Brancas me fazendo viajar: Por que ele pensa que não vou ficar com ele desempregado / Ele caiu, tenho que levantar ele / Eu só quero ficar e ajudar / Deixa eu te ajudar
Paredes brancas: Eu preciso de ajuda / Não estou mais suportando / Mas eu devo ajudá-lo / Mas eu preciso ficar sozinha / Não, eu preciso que ele fique comigo / Só fica comigo / Ele me ajudou / Ele me deu força / Eu quase cai / Apenas me acompanhe / Eu te amo
 Desta vez foi ele.

Apenas entenda, agora sou noiva, as paredes brancas para mim ficaram vermelhas, e depois rosa, depois floridas, e depois aparece eu e ele. Ops, espera. Tem algo a mais ali. Sim, tem reticências, algo que ainda nem eu nem ele sabemos. O que é?

Paredes Brancas: Surpreenda-se
"E no final me encontro tomando uma xícara de café em uma roda de pessoas, rindo para uma parede branca. Alguém me chama, e eu desperto mesmo estando acordada."

Juliene Tesch
+Juliene Tesch 

terça-feira, dezembro 30, 2014

O Último Texto

Nós não somos daqui. Simplesmente estamos neste lugar, ninguém sabe o por quê desse mistério todo, mas de fato, nós não somos daqui.

Se estou perto, tão perto, também posso estar longe.

Ninguém sabe o por quê, mas crê, ama, enxerga, toca, ou simplesmente sente tudo, sente a alma pulsar, voar, tremer, ou sente realmente que é ser.

A linguagem humana é cheia de códigos, sinais, é muita confusa e diferente de diferentes lugares. Poderia ser tudo mais simples, se fossemos simples também. Seria muito mais fácil.

Uma vez li assim: "Ignoramos as coisas necessárias, porque aprendemos as coisas não necessárias", esta frase é de Sêneca. Basta pensar se realmente é necessário ter tanta superstição se o que basta é oração, calma, espera e o principal de todos a Fé. Deixa o tempo agir um pouco, se o tempo pra você for Deus, deixe então Ele agir do jeito dele.

Ai se lembra logo que não é daqui. Seu tempo não é o seu tempo. O corpo não é seu, nem da sua família. O que é necessário para você realmente não é o seu necessário. Daí a revelação, como é difícil ser Simples.

Se a morte é mais simples que o nascimento, complicamos de mais, por isso não entendemos, se apegamos de mais, por isso não aceitamos que a morte é o momento mais natural do que o nascimento.

Nós só estamos aqui.

A receita para continuar aqui, já falei tantas outras vezes neste blog: viva, ame, sinta, tenha fé, lembre, ame, enfim, viva eternamente.

___
Texto chato de escrever, mas pensei e escrevi. Desculpa.

Juliene Tesch
+Juliene Tesch 

quarta-feira, dezembro 17, 2014

Cartas de Dezembro

Querido de Dezembro,

Lembro-me bem da última vez que o vi. Andando, seguindo e depois sentado. Estava ai deste mesmo jeito, me lendo com estes olhos curiosos, esta feição de mal entendedor.

É curioso quando chega este momento, não é? Lembrar e fazer lembrar tempos bons, tempos em que vivemos bem. Quanta esperança, quanto cheiro bom, e a luz do Sol, a luz da Lua, o vento, a brisa, a chuva fresquinha.

Meu querido, como é bom saber que você está bem. Aqui com certeza estamos melhorando cada dia mais, só falta a gente ganhar na Mega da Virada... ahh, como seria bom, né? Enfim, viver é o que importa, sonhar faz parte. Por quê não? Afinal de contas, 2015 tá chegando ai, se a gente não sonha, como ficar realizado com o que conseguimos? Como diz a música de Lulu Santos "vamos viver tudo que há pra viver, vamos nos permitir"

Então é isso que eu tinha pra falar. Me responde tá, sinto sua falta.

Tanto tempo faz que não sinto seu cheiro. Vê se aparece...


Outras lembranças de Dezembros:
2013 / 2012 / 2011 / 2010

Juliene Tesch
+Juliene Tesch 

sexta-feira, novembro 28, 2014

Ausência

Você consegue ser ausente quando está presente?
Muita gente consegue.

Não pense que isso é bom, porque não é bom!

Herdar esse traço orgulhoso, arrogante, sem graça é manter as pessoas que você ama longe de você. E quando você consegue perceber o que causou com a sua ausência, pode ser tarde. A pessoa que você ama estará sendo amada por outra pessoa e você simplesmente deixa de fazer parte da história de quem você esteve ausente.

Uma história boba, mal entendida que pode ser entendida, por que não?
Por que não falar com quem você ama?
Por que não corresponder com um Oi, Boa noite, bom dia!? Por que não perguntar como foi o dia?

Quem está perdendo é quem herdou isso. Perdendo de fazer parte de uma coisa tão bonita, que é viver. Viver é fazer parte da vida de outra pessoa também.

falo tudo isso porquê simplesmente também herdei a Ausência. Quero muito me livrar dela.

segunda-feira, outubro 27, 2014

Amar é

Amar é sentir forças pra lutar
Seguir sem medo de recomeçar
Amar é, é se entregar de coração, sem esperar gratidão.

Amar é Ter sorrisos no olhar, ter fé, na amizade acreditar
Amar, força que move a canção, essência da emoção.

Amar é isso e muito mais.
Só no amor pode este mundo sentir paz.
É saber sorrir, é saber se dar, é saber seguir,
Sem volta esperar, é a doação,
Nunca dizer não, prá fazer feliz outro coração.


Amar é isso e muito mais.
Só no amor pode este mundo sentir paz.
É a força que move a vida,
Faz crer que um dia pára a tempestade,
Ver a rosa perfumada entre espinhos,
Ver a luz no fim do túnel no caminho.

[Música - Vera Lúcia]

segunda-feira, outubro 20, 2014

Receita para Viver

É preciso saber viver [Titãs_Banda Br]
Viver é não saber que se vive [Florbela Espanca _Poetisa Pt]
Não se anular, viver dias de Sol [Charlie Brown Jr._Banda Br]
Viver, e não ter a vergonha de ser feliz [Gonzaguinha_Cantor Br]
Vamos viver tudo o que há pra viver [Lulu Santos_Cantor Br]
Talvez não seja nessa vida ainda [Armandinho_Cantor Br]
Essa vida é bonita, ela é feita para sonhar [Tim Maia_Cantor Br]

Deixa a vida me levar {Zeca Pagodinho_Cantor Br}
Vou deixar a vida me levar {Skank_Banda Br}
Viver e não apenas existir.

quinta-feira, outubro 09, 2014

quinta-feira, agosto 21, 2014

Eu também não entendo

Tudo seria muito bom, ou a convivência seria melhor se todos pensássemos de um jeito só, tivéssemos a mesma religião, a mesma cultura, a mesma educação. Mas não somos iguais. Ninguém é igual a ninguém, e daí que o jeito é aprender a viver com pessoas de tipo, cultura, valores, religiões diferentes.

Aprender a viver é o caso. Ser sociável, ser independente, ser responsável, fazer certo, fazer o certo. Conhecer, ler, pesquisar, saber, interagir, ser, amar, ser, amar, ser, amar. A primeira de todas as coisas é amar, depois ser e depois o que quer que seja a ordem. E depois, depois é respeitar, as escolhas, os caminhos, a fé e nada mais.

Tudo a mais, meu espaço não poderá ser quebrado assim, calma lá! Vou ficar irritada. Já tô ficando, vai, vai, vai! Eu não falei para parar desgraça! ___Ame! Eu não falei?

De todas as formas, ame.

O que eu não entendo é como uma pessoa que passa durante a sua vida por somente alguns minutos, tem contribuição para você continuar vivendo. Apenas não entenda, ame.

Ai vem os questionamentos, do por que isso, por que aquilo, por que assim, apenas não entenda, ame e tente responder.

E quando você não concorda com o outro lado, porra, essa é difícil, mas é fácil. Apenas não entenda, ame e tente um acordo, continue amando. Quando você não muda ou não dá pra mudar, ou a pessoa não mudou a opinião, ame, ame, ame, ame.

Afinal a vida é assim. Não deu certo? Bola pra frente e ame e seja.

Juliene Tesch
+Juliene Tesch